Les Cèdres: A casa de campo mais cara de St-Jean-Cap-Ferrat

Les Cèdres: A casa de campo mais cara de St-Jean-Cap-Ferrat

O que é a villa Les Cèdres?

A Villa Les Cèdres, situada na prestigiada Riviera Francesa, em Saint-Jean-Cap-Ferrat, é uma propriedade histórica e ultra-luxuosa construída em 1830 por uma família de comerciantes de tapetes de Nice. Com 18 000 metros quadrados, a villa possui 14 quartos e apresenta elementos extravagantes, incluindo uma vasta biblioteca com mais de 3000 livros, uma piscina olímpica, uma impressionante estátua de bronze da deusa Atena, um espaçoso estábulo para cavalos e o maior jardim botânico privado do mundo. Com um passado histórico, a villa foi propriedade da realeza e de bilionários, sendo um símbolo significativo da opulência e grandeza de Cap Ferrat.

Onde se situa Les Cèdres na Riviera Francesa?

cap ferrat sul de frança vida de luxo

A Villa Les Cèdres está situada em Saint-Jean-Cap-Ferrat, na Riviera Francesa, muitas vezes referida como o "Triângulo Dourado" pelo seu estimado estatuto como uma das áreas mais prestigiadas e exclusivas da região. Com uma localização ideal, Les Cèdres fica a 30 minutos de carro de outros destinos importantes, como o Mónaco e Nice, o que aumenta o seu fascínio como local de prestígio na costa mediterrânica.

O que faz de Les Cèdres uma villa famosa em Cap Ferrat?

Les Cèdres é uma propriedade lendária e uma parte significativa da história de Cap Ferrat. Reconhecido pelo seu estatuto de propriedade privada mais cara do mundo, Les Cèdres possui outra caraterística notável: é o lar do maior jardim botânico privado do mundo. Este extenso jardim, um testemunho da paixão botânica do Rei Leopoldo II da Bélgica, apresenta uma extraordinária variedade de flora. A combinação do seu significado histórico, da arquitetura extravagante e do vasto paraíso botânico contribui para a fama de Les Cèdres, tornando-o um destino verdadeiramente excecional no Sul de França.

Quais são os factos interessantes sobre Les Cèdres em Cap Ferrat?

Depois de o rei belga Leopoldo ter adquirido esta propriedade à beira-mar em Cap Ferrat, em 1904, a villa recebeu o seu nome atual, "Les Cèdres". O rei, acompanhado por uma equipa de confiança de designers e arquitectos, incluindo Aaron Messiah, ampliou a villa acrescentando um terceiro nível totalmente novo, adornou-a com estátuas e decoração decadentes e construiu uma impressionante piscina olímpica, habilmente esculpida na rocha da propriedade.

Um dos factos mais intrigantes desta villa é a sua associação histórica com o rei Leopoldo II da Bélgica e a sua amante de dezasseis anos, Caroline Lacroix. A jovem Caroline, considerada a menina dos olhos do rei, residiu em Les Cèdres quase como uma prisioneira durante cinco anos, não podendo sair nem receber visitas durante a sua estadia. Les Cèdres, neste contexto, funcionou como uma prisão dourada para a jovem mulher. Durante a sua estadia na villa Les Cèdres, Carolina deu também à luz um dos filhos ilegítimos do rei.

Qual é a história da villa Les Cèdres?

Originalmente conhecida como "Les Oiseaux", a villa Les Cèdres, em Saint-Jean-Cap-Ferrat, era uma casa privada construída pela família Pollonnais, judia, sediada em Nice. A sua transformação numa propriedade de prestígio e a adoção do nome atual aconteceram em 1904, quando o rei belga Leopoldo II comprou a propriedade, utilizando-a como uma ilustre segunda residência. Durante a Primeira Guerra Mundial, Les Cèdres serviu de hospital para os soldados feridos. Em 1924, a propriedade mudou de mãos e foi adquirida por Alexandre Marnier Lapostolle, o criador do Grand Marnier. A propriedade passou para o Gruppo Campari e, em 2019, a villa foi vendida ao bilionário ucraniano Rinat Akhmetov por $200 milhões, acrescentando mais um capítulo à rica história desta notável propriedade.

Quem é o atual proprietário da villa Les Cèdres em Cap Ferrat?

O atual proprietário da villa Les Cèdres, em Cap Ferrat, é o bilionário ucraniano Rinat Akhmetov. Em 2019, Akhmetov adquiriu a propriedade ao Gruppo Campari por um valor de $200 milhões.

Por quanto foi vendido o Les Cèdres?

O Les Cèdres, em Saint-Jean-Cap Ferrat, foi vendido ao homem mais rico da Ucrânia, Rinat Akhmetov, em 2019, por um valor de $200 milhões.

O Les Cèdres já recebeu celebridades?


A Villa Les Cèdres, em Cap Ferrat, acolheu, de facto, inúmeras celebridades ao longo dos anos. Esta luxuosa propriedade, com as suas opulentas comodidades e privacidade, é um destino muito procurado por hóspedes de alto nível. Embora muitas visitas VIP à villa tenham sido mantidas confidenciais, celebridades da lista A, como Charlie Chaplin e Elizabeth Taylor, agraciaram Les Cèdres com a sua presença.

Quem projectou a villa Les Cèdres em Saint-Jean-Cap-Ferrat?

A Villa Les Cèdres, em Saint-Jean-Cap-Ferrat, foi originalmente projectada pelo arquiteto Hans-Georg Tersling em 1830. Depois de ter sido comprada pelo rei belga Leopoldo II, em 1904, foi submetida a renovações e melhorias significativas por uma equipa de designers e arquitectos liderada por Aaron Messiah. Os luxuosos acrescentos e o arranjo paisagístico dos deslumbrantes jardins de Les Cèdres estiveram sob a supervisão de Jules Vacherot e Harold Peto.

Para mais informações sobre moradias para alugar para venda em Cap Ferrat, contactar Cap Villas.

Leave a Reply

Your email address will not be published.